A mulher de cada signo – Sargitário


A mulher de Sagitário é a criatura mais independente que já vi nesse planeta. E isso é algo extremamente positivo nessas mulheres. Elas são donas de si mesmas e não permitem que mexam na sua liberdade. A sagitariana valoriza demais o próprio tempo. Evita joguinhos ou enrolações, não gosta de desperdiçar energia à toa.

Ela vai respeitar o teu tempo e a tua atenção e exige isso de volta, sempre.

É impressionante também a força e determinação dessas mulheres. Também impressiona conversar com uma sagitariana. Elas têm entusiasmo por praticamente tudo. Talvez seja sinal desse entusiasmo de viver que elas têm. Que vai de uma mulher séria a uma mulher boba em poucos segundos. Mas que sabe sempre o que quer.

Ela é aquela louca que vai te mandar uma mensagem provocante no meio da tarde, do nada, sem motivos.

Porquê? Porque sim. Porque ela quis. Porque ela faz o que quer. E em partes porque ela gosta desse jogo de provocar.

Admita, sagitariana, você gosta! E não tem nada de errado, você é ótima nisso! A sagitariana gosta que a apreciem em todos os sentidos. Ela vai querer te mostrar o quanto é inteligente. Vai querer que tu sintas o quanto ela é interessante. Vai querer que tu notes o quanto ela está bonita.

Mas ao mesmo tempo consegue ser bem discreta quando quer.

A sagitariana nunca é uma mulher só. E ela passeia com facilidade entre todos os estilos que pode ser. Inclusive a pior coisa que tu podes fazer é tentar limitá-la e fazer com que ela se sinta presa. Quem faz isso é repudiado com força por essa mulher. O ex dela fez isso e foi chutado com muita força. Não faças isso.

A sagitariana é sempre um espírito livre.

Aprenda a apreciar isso porque é o traço que faz com que ela seja realmente única.

Ela é daquelas que sorri com os olhos, com o corpo, com a alma. Aquele sorriso verdadeiro que não aparece só no sorriso. O amor dela, vem de dentro, vem de verdade, vem com tudo. Como se fosse um carro forçando a aceleração, ela não consegue parar quando ama demais alguma coisa. Intensa demais, coração demais. Por fora ela diz não estar nem aí, diz para os sete mundos que o que tiver que ser será, e por dentro torce no fundo do coração e fazendo figas com os dedos para acontecer do jeitinho que ela planejou e do jeitinho que ela quer.

Quem não a conhece ao fundo pode achar que às vezes ela é grossa, mas quem a conhece sabe que no fundo foi apenas uma brincadeira, afinal, segundo ela “qual a graça de levar a vida tão a sério?”. E eu quero ver você rebolar pra conhecer essa menina ao fundo, que finge não ter medos para o mundo, que tenta se mostrar sempre forte até quando o mundo cai. Porque conhecer essa menina pelas piadas e sorrisos é fácil, conhecer o que ela guarda no peito é um desafio. Ela é sagitariana, defende com unhas e dentes o que acredita. Ela é a personificação da diversão, e você não quer viver uma vida sem se divertir ao lado dela. Ela sabe como ninguém a hora certa de sair da rotina de vez em quando e qual é o momento certo para ficarem apenas deitados vendo netflix.

O coração da sagitariana é enorme e não é um simples coração, é o dela. Ela é aquela que quando você a conhece, você sente e sabe de imediato que não existe pessoa que vai te cuidar e proteger melhor do que ela.

Texto por Hudson Baroni