Amigo


Estarei contigo, amigo,

Quando a sombra do medo

Encobrir o brilho da tua imensa coragem.

Estarei contigo

Nas tuas horas de angústia e solidão,

Encorajando-te a continuar a luta.

Estarei contigo

Quando as trevas do erro

Te impedirem de caminhar na luz.

Estarei contigo, enfim,

Quando não te restar mais nada,

Nem mesmo uma gota de esperança

Para brotar em manancial de fé na vida.

E quando, então,

Palavras não forem suficientes

Para estancar as chagas da tua angústia,

Estarei contigo,

Para te oferecer o meu silêncio,

Humilde e sereno.

 

Leonardo Oliveira